quinta-feira, março 5

Só para meninas

 

Devo admitir que uma das minhas maiores preocupações com a vida no Canadá estava relacionada a um aspecto estético/higiênico de grande importância, pelo menos pra mim e – acredito – pra maioria das brasileiras: como fazer para se depilar?

Adaptação cultural à parte, convenhamos… Ficar peluda não dá…

Bem, após um mês de Canadá, já estava na hora de, digamos, dar uma passadinha no salão de beleza… Não conheço depiladoras aqui e, francamente, acho q nem deva existir. E se houver, deve ser uma fortuna. Isso sem mencionar a qualidade do serviço… Não sei, mas mesmo no Brasil eu tinha pavor de trocar de depiladora. Se alguém souber recomendar alguma, agradeço…

Minha querida Vivi, depiladora maravilhosa, deu uns conselhos quando vim embora. Segundo ela, eu poderia me machucar seriamente tentando fazer cera quente de forma amadora… Outra coisa, e que eu já tinha constatado numa experiência, é que aqueles produtos que fazem os pêlos caírem (são à base de uréia, um baita fedor) até funcionam, mas os pêlos seguintes vêm muito grossos. Gilette, vade retro. Daí, a melhor solução seria comprar um aparelhinho de depilar, desses elétricos mesmo.

Fazendo a pesquisa por aqui, dei muita risada lendo os reviews das usuárias. A maioria delas fala de como é dolorido depilar as pernas e de como admiram as corajosas que conseguem depilar as axilas (!). Credo.

Há vários tipos de modelos no mercado, de todos os preços. Fiz minha compra sem o menor pudor em gastar, afinal de contas… Acho que não preciso explicar…

 

silk epil

 

Escolhi um modelo alemão, da Braun, chamado Silk-épil Soft Perfection. Paguei 89.90 na Canadian Tire. Ele funciona em duas velocidades diferentes, e tem duas cabeças principais: uma que funciona como epilator (que é a depilação propriamente dita) e outra como razor (tipo lâmina). O epilator tem duas coberturas possíveis: uma vem com um massageador (pra diminuir a dor) e a outra vem com uma paradinha que – diz o manual – otimiza o funcionamento da máquina. Também tem uma lampadinha que vai junto com o botão on/off, e não faz muuuito barulho, só um pouquinho. A desvantagem é que ele não tem uma bateria carregável, daí que só funciona ligado na tomada (mas isso não incomodou muito não).

 

Às amigas só posso dizer que dói pra dedéu, apesar de todo mundo falar que a dor diminui com o tempo. Mas não dói tanto que faça chorar. E funciona direitinho.

6 comentários:

Bea disse...

Dia desses eu assiti um programa na Discovery Home & Health (que no Canadá é TLC) especialmente sobre depilação e modernidades nas ceras.

Fiquei louca!

Hà uma cera nova chamada Lycon, ou Lyco não sei, que ela consegue retirar os pêlos de até 1 semana! Ou seja, vc não precisa ficar esperando até crescerem mais um pouquinho para ficar no tamanho certo e assim a cera conseguir tirá-los.
A dona do estabelecimento que foi entrevistada, era especialista no assunto e explicou que as ceras de mel são muito ruins, pois elas tiram a camada superficial da pele, deixando micro feridinhas, propensas a causar alergia (como aconteceu comigo na última vez que me depilei). A cera de mel nunca pode ser aplicada muito quente, mas também ela esfria rápido, e então é um Deus nos acuda.
E há outros tipos de cera que também são boas, mas o grande avanço é essa Lycon mesmo.
O programa se passava na Inglaterra, mas acho que deve ter algo parecido no Canadá sim. Pelo menos, não deve demorar muito.

Mas por enquanto a solução é usar o aparelho elétrico mesmo. Aqui no Brasil são muito caros, e os mais baratos parecem que arracam até seu fígado junto! Terríveis!

Espero que possa se acostumar a usar e que não sofra mais tanto nas próximas vezes! =)

Abraços!

LiliX disse...

Quando eu morava no States eu usei um desses aparelhinhos...e colega....haja oq houver....nao tente fazer virilha com esse troço....
EH O MASSACRE DA SERRA ELETRICA.
me-do!
Td bem fazer uma virilha "americana" que eh basicamente na perna....mas à la Brazil...no way.
Eu devo dizer q fiz algumas vezes...e passei uns 2 dias sem andar....hahahaha...tudo pela brasilidade! Mas eh pq eu sou açougueira e corajosa mesmo.
Crianças nao façam isso em casa!

Bom...esses episódios sanguinários soh acabaram quando eu achei no Wall mart uma cerinha q eh dura! Vc pode no microondas 5 minutinhos e ela fica maleavel...dae vc passa a propria cera na pele e puxa! Rapaz....a modernidade eh uma coisa de Deus. Depois dessa cera minha vida mudou.rs...Pena q nao tem aqui....mas aí deve ter.

Boa sorte. e lembre-se....NOOO Brazilian Wax for now honey....

;)

Joana disse...

Hum... eu tenho um aparelhinho desses aqui no brasil mesmo. Acho mais prático para depilar em casa.
O meu é um Satinelle, acho que da Philips, e tem massageador (que não serve pra nada, ne). Ele só arranca os pelos, nada de laminas.
Eu consigo, corajosamente, me depilar com ele nas axilas e meia perna, mas preciso de um clima para isso: coloco uma musica bem alta (pros vizinhos não escutarem meus gritos), passo um talquinho e estico beeem a pele.
Existe um sentido do aparelho que arranca menos e outro que arranca tudo sem dó. Entao, eu costumo passar primeiro o q arranca menos para sentir como tá o negocio e depois arranco sem dó. hehehe.
Ah, e nada de depilador na virilha. Como a Lilix disse, impossivel! Doi muuuito!
O bom é que depois da primeira vez, os pelos nascem finiiiinhos e aí, se vc passar o aparelho assim que eles nascem, dói quase nada.

Camila disse...

Ai, meninas, esse assunto muuuuuito me preocupa! Aliás, a todas nós pelo visto! ;o)

Sou "dependente" de cera quente há anos (perdi as contas de quantas vezes deixei de ir à praia pra não jogar no lixo anos de esforços/cuidados com os meus pelos) e só de pensar que não terei depilação de qualidade em Montreal, penso em desistir do processo. HAHAHAHHAHA Tá, peguei pesado na mentira, mas que me preocupo, aaaah, me preocupo.

Nas minhas navegadas demoradas pela internet, descobri uma depiladora brasileira em Montreal. Siiiiim, meninas, b-r-a-s-i-l-e-i-ra em M-o-n-t-r-e-a-l. Não a conheço, pois ainda estou em Salvador, e nem tenho referências dela (C'est dommage), mas passo o contato mesmo assim: Paula Abreu - (514) 885-5755 / (514) 504-9628.

Aliás, peguei esse contato num site que tem indicação de outros profissionais brasileiros que vão desde babá a psicóloga. Ah! E Paula Abreu também é manicure e pedicure.

Claudia, você vai ser nossa cobaia? ;o)))))))

Beijos, meninas!!!

PS1: O site sobre o qual falei é: http://www.guiabrasil.ca

PS2: Paula Abreu, querida, vamos te deixar ricaaaaaaaaaaa! hehehe

Clau e Zé disse...

Meninas,

Devo admitir que me arriquei a fazer o impensável, a depilação à brasileira com o aparelhinho...
Sabem que não achei tão horrível não? Dói, claro, mas nada que seja insuportável... Será que isso tem a ver com o aparelho???

De qualquer forma, devo ver se acho alguma cera diferente no supermercado q pareça segura e conto o resultado pra vcs...
Qto à depiladora, vou ver qto q ela cobra... De repente empolgo pra servir de cobaia...

Bjoes!!!
E obrigada pela solidariedades hahaha

Michelle disse...

Aqui em Montréal é lotado de salões pra depilar, e o preço é bom.

Fiz a sobrancelha em um salão indiano (eles utilizam uma técnica com linhas) e paguei 3 dólares.

Tenho o satinelle mas fazer virilha com ele é pedir pra morrer hehehe!